peperonity.net
Welcome, guest. You are not logged in.
Log in or join for free!
 
Stay logged in
Forgot login details?

Login
Stay logged in

For free!
Get started!

Mobile Blog


titas
blog.stonehenge.peperonity.net

.::: O Mito dos Titãs :::.

24.11.2011 02:04 EST


Na mitologia grega, os Titãs – masculino – e Titânides – feminino - (em grego Τιτάν, plural Τιτᾶνες) estão entre a série de deuses que enfrentaram Zeus e os deuses olímpicos na sua ascensão ao poder. Outros oponentes foram os Gigantes, Tifão e Ofion.

Dos vários poemas gregos da idade clássica sobre a guerra entre os deuses e os Titãs, apenas um sobreviveu. Trata-se da Teogonia atribuída a Hesíodo. Também o ensaio Sobre a música atribuído a Plutarco, menciona de passagem um poema épico perdido intitulado Titanomaquia ("Guerra dos Titãs") e atribuído ao bardo trácio cego Tamiris, por sua vez um personagem lendário. Além disso, os Titãs desempenharam um papel importante nos poemas atribuídos a Orfeu. Ainda que apenas se conservem fragmentos dos relatos órficos, estes revelam diferenças interessantes em relação à tradição hesiódica.

Os Titãs não formam um conjunto homogêneo. Trata-se, em geral, de divindades muito antigas que, por uma razão ou outra, continuaram a ter uma certa vigência dentro da mitologia grega clássica e, ao constituir-se o esquema genealógico dos deuses, foram incluídas entre os descendentes de Urano.

Os mitos gregos da Titanomaquia caem na classe dos mitos semelhantes na Europa e Médio Oriente, em que uma geração ou grupo de deuses confronta os dominantes. Por vezes os deuses maiores são derrotados. Outras os rebeldes perdem, e são afastados totalmente do poder ou ainda incorporados no panteão. Outros exemplos seriam as guerras dos Aesir com os Vanir e os Jotunos na mitologia escandinava, o épico Enuma Elish babilónico, a narração hitita do "Reino do Céu" e o obscuro conflito geracional dos fragmentos ugaritas. O Livro da Revelação cristão também descreve uma "Guerra no Céu".


Originalmente os Titãs eram filhos de Urano e Gaia:

Titãs:

Oceanus, o rio que circundava o mundo.
Céos, titã da inteligência.
Crio, titã do frio e inverno assim como dos rebanhos e das manadas, esposo de Euríbia (filha de Pontos) e pai de Palas, Perses e Astreu
Hipérion, o fogo astral e a visão.
Jápeto, esposo da oceanide Clímene e pai de Prometeu (ancestral da raça humana), Atlas (que foi condenado por Zeus a sustentar o céu para sempre) , Epimeteu e Menoécio.
Cronos, que destronou Urano e foi rei dos titãs.
Titânides:

Gaia, era considerada a mãe da Terra e da vida.
Febe, a da coroa de ouro. Titânide da lua.
Mnemosine, personificação da memória e mãe das Musas com Zeus.
Reia, rainha dos titãs com Cronos.
Témis, encarnação da ordem titãnica, das leis e costumes, e mãe das Horas com Zeus.
Tétis, titã do mar.
Téia, titã da visão e da luz.


O matrimónio entre irmãos era corrente na mitologia grega, e vários Titãs e Titânides se uniram, dando origem a uma segunda geração de Titãs:

Oceano e Tétis geraram as Oceânides, os rios (Oceânidas, Potamoi ou Lemnai) e os mananciais.
Hipérion e Téia a Helios (o sol), Selene (a lua) e Eos (a aurora).
Céos e Febe a duas filhas, Leto e Astéria.
Cronos e Réia formaram o casal mais importante, pois são progenitores de seis dos deuses olimpianos e, em algumas versões, também progenitores de Afrodite:

Héstia, deusa do lar, que para manter a paz no olimpo, cedeu seu lugar junto aos outros grandes deuses olimpianos para Dionísio.
Hera, deusa da fidelidade e rainha do Olimpo.
Hades, deus do mundo inferior onde se localizam ambos, o Tártaro e os Campos Elísios.
Deméter, deusa da agricultura e da fertilidade, conhecida também por rainha dos trigais.
Posêidon, deus dos oceanos.
Zeus, rei dos deuses, rei do Olimpo.


This page:




Help/FAQ | Terms | Imprint
Home People Pictures Videos Sites Blogs Chat
Top
.