peperonity.net
Welcome, guest. You are not logged in.
Log in or join for free!
 
Stay logged in
Forgot login details?

Login
Stay logged in

For free!
Get started!

Mobile Blog


eye.of.shadows.peperonity.net

Verão

08.03.2015 22:14 EDT
Nos protegemos da ensolação sob a varanda...
Casas acima,casas ao lado,talvez não nos vejam...
O céu em azul claro,tão nítido,tão óbvio...
Não é nossa estação favorita,mas somente nela que nascem estas flores.
O calor nos faz vestir tons claros...
Não são nossas roupas favoritas,mas você continua tão linda...
Com algum esforço,encontramos palavras.
Ainda é tão fácil me perder em sua aura,ainda é tão desafiador adivinhar o ritmo de seu êxtase...
Ainda é tão fácil errar e cair,perdendo o equilíbrio para seu flerte...
Você pode rir desta de novo queda,pois já se recuperou da sua, e me espera sentada no chão.
    
Sob a varanda.
  Contemplamos a proteção imperfeita dos vasos de flores e das grades...Talvez possam nos ver por eles.Mas estes pensamentos chegam tão atrasados...
Mesmo no verão,meus arrepios só adormecem cobertos por seu abraço...
O sol poderia nos denunciar,mas não nos preocupamos em suborná-lo.
A luz do dia aos poucos se torna nossa aliada...Destaca seu sorriso,me faz aprender sobre certas partes de sua ternura...
Sempre há tanto a se explorar... Você é meu mundo,mas é tão difícil escolher a capital,escolher o lugar mais belo...Mas quando enfim entrelaço meus braços em você,me vem a certeza que cada parte sua será tocada. Quando te beijo,quando te toco quando te sinto corresponder,me sinto como se tivesse te conquistado pela primeira vez.
Mas ainda assim são tantas memórias,tantas recordações trocadas e criadas por nossos lábios...
Apesar da intensidade dos beijos,encontramos força para nos levantarmos,decidimos não abusar mais da sorte...Lá fora,o sol triunfa,mas é como se chovesse em nós agora,precisamos nos abrigar.

A janela do quarto me faz ver a varanda...
Me faz nos ver lá,me faz manter aqui o que aprendemos.
Tudo se cadencia em um andamento demorado,para que todos os detalhe sejam devidamente discernidos.Mas nas memórias,será tão difícil calcular estes instantes...

Foram tantos textos desarmados por seu olhar,tantas frases desatadas delicadamente por sua presença...
Minhas mãos desatando o laço de seu vestido,suas mãos se equilibrando em minhas vestes...Lentamente,como se o tempo pertencesse a nós.Servindo de ampulheta para nossos lábios,para nossas carícias.
Quando em um momento nosso tempo se esgotou.Em outro,apenas os raios de sol nos vestiam.Destacavam nosso afeto,nos incitava a provocar ainda mais calor,enquanto em nós chovia com mais força...
Até chegar o ponto de me sentir ainda mais parte sua,a parte que também sente o furor de uma tempestade interna caminhando para o ápice inevitável,transpirando com candura em seu corpo,diferenciando nosso calor...O ponto de sentir suas mãos me encorajando,se insinuando,me guiando,como sempre...Fazendo questão de me lembrar sua escolha...Faz questão de dizer meu nome.
Cada movimento,cada segundo de sua respiração...Tudo dura uma eternidade,uma viagem para o outro lado deste paraíso...
Quando sinto por seu toque que você está chegando...
Quando te abraço forte,faço este lugar ser seu novo lar...
Sob meus beijos,recebo seu pouso.Olhos cerrados,deleitando-se em meus cuidados...
Para que caia bruscamente,sem medo.Mas pouse com suavidade em mim.
A forma como abriu os olhos foi suficiente para acordar meu devaneio mais íntimo...
Me sinto ir até você...
Sinto como se o vento me elevasse,fazendo meu pouso mais intenso...
Não tenho medo,mas vontade de cair.
Te sinto me esperando,seu corpo me acolhendo,me guiando para a rota mais bela,mais tentadora...
Fecho meus olhos e vou ao encontro de mais um dia de verão.
Poucos instantes separam minha chegada da sua,mas o importante é que estamos aqui...Nus e ofegantes.Não querendo nos levantar tão cedo.Como se tivéssemos caído dos céus por nossa luxúria,como se tivéssemos chegado aos céus por nossa pureza...Nos conhecemos ainda mais.
Você me fita,faz questão de me mostar mais uma vez o quanto me queria aqui.

Lá fora,o sol graceja ainda jovial.Sinal que,apesar de tudo ainda temos o tempo a nosso favor.Seu corpo aida reflete o brilho,me lembrando um oásis de inverno.Mas agora com flores longevas e uma brisa quente tão doce...Tão discordante,no entando com tanto sentido...E ainda há tanto para aprender no verão,ainda há tanto para aprender hoje...
1 Comments:
Verão é o que eu sempre sinto quando vc está por perto... Lindo meu anjo! seus versos me fazem tão bem... Te amo tanto, tanto!


This page:




Help/FAQ | Terms | Imprint
Home People Pictures Videos Sites Blogs Chat
Top
.